Um blog à beira de um prozac.

Oh, Deus! Faça com que visitem o meu blog, para que ele nao seja mais um desses blogs solitarios e deprimidos vagando à deriva por esse breu digital, sem amigos, sem leitores, sem seguidores, sem simpatizantes, sem implicantes, sem replicantes. Amém. ( Breve momento argentino, com trilha de Antonio Maria.)

5 comentários:

  1. Poisintão... Não só visitei, como botei um link para o seu blog lá no meu. Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Querida Graça,

    estou gostando muito do blog e já sou freguês. O poema que publicaste é coisa rara, coisa de poeta mesmo.
    Parabéns por compartilhar tão fina emoção e o teu pensamento.

    Um abraço do leitor

    Jorge Finatto

    ResponderExcluir
  3. A guria se diz implicante e apaixonada. Então, persevere, Hanninha. E chegarás à condição de Síndica, com S maiúsculo. rsrs
    Um abraço do
    Hannoboy, fã, amigo e marceneiro, too

    ResponderExcluir
  4. Zeca escreveu:
    ei, gracinha,
    gostei do seu blog, não precisa de prozac,
    um beijo
    zeca

    ResponderExcluir
  5. Zeca escreveu:
    entei fazer comentários mas
    não houve jeito...
    o do laçador, então, eu de tão iguinorante
    pensava que ele ficava ali ao lado do aeroporto
    causo algum avião descesse embalado de mais...
    beijo,não sabia de professora e subsíndica,
    não sei se lhe desejo subir um degrau da carreira
    e tornar-se síndica...
    beijo
    zeca

    ResponderExcluir

DESTAQUE

SOU FEMININA, NÃO FEMINISTA

Cada vez que escuto esta frase bonitinha pero equivocadinha, me dá um desgosto profundo, de ver quão enganadas estão as manas que separa...

MAIS LIDAS